30 de novembro de 2010

Frase mais ou menos solta - 6

Não vejo problema algum em não querer trabalhar, desde que você não queira que eu pague a sua parte na conta do restaurante, do mercado, da padaria etc.

29 de novembro de 2010

Doença

Sabe aquele tipo de pessoa que gruda na gente feito doença, praga, coisa ruim, pesadelo? Do naipe que você, mesmo querendo, não consegue se livrar, não consegue esquecer, não tem como colocar de lado? Daquela que você vê em cada esquina, com a qual você sonha como um sino tocando dentro de você? Quem dera ter uma!...

27 de novembro de 2010

Cansa

É um porre quando, não bastasse o calor da peste, ainda temos de aguentar o mau gosto dos vizinhos em relação à música.

Dai-me paciência

...para aguentar gente que não sabe o que pretende da vida, que vê todo conselho como "tentativa de se mostrar superior", que mesmo fazendo o que gosta não se esforça para se aprimorar, que acha ser vítima de conspiração, que diz não gostar de elogios mas odeia quando a criticam etc. etc. Figuras assim deviam ser internadas, trancafiadas e receber choques elétricos três vezes ao dia até deixar de frescura.

Dos prazeres

Cada vez mais difícil.

Nokia Brasil - Desafio Sociometro

Nokia Brasil - Desafio Sociometro

26 de novembro de 2010

Terrorismo

L.B. continua achando que o mundo inteiro conspira contra ele. Não; é ele que arma tudo para que o fracasso faça parte de sua vida.

23 de novembro de 2010

Frase mais ou menos solta - 5

Para quem não prestou atenção: o problema das relações humanas é a existência das pessoas.

22 de novembro de 2010

Razão

L.B. tem razão, num de seus raríssimos momentos de razão: sou um ser absolutamente doentio e afasto a maioria das pessoas que se relacionam comigo. Ainda bem: não as suportaria mais do que o necessário para o convívio social e profissional.

Peanuts

Se me surpreende a capacidade humana de fazer o bem (embora sempre olhando a quem - não acredito em bondade desinteressada), jamais me espanto com nosso potencial para a idiotice, a estupidez e o desamor.

18 de novembro de 2010

13 de novembro de 2010

Comodismo

Percebo que certas pessoas andam mantendo distância de mim. Não que isso seja um problema. Em alguns casos é um alívio. Evita que eu tenha de fazer isso por elas.

12 de novembro de 2010

Uma coisa

Para alguns, a vida é um drama; para outros, uma novela venezuelana, uma ópera bufa, uma sessão da tarde, um filme da madrugada. Para mim, é uma fotografia velha, apagada e amassada.

9 de novembro de 2010

5 de novembro de 2010

Inútil

Vou dizer sempre, e mais particularmente agora: a literatura não tem a menor serventia para nada nem para ninguém. Felizmente.

4 de novembro de 2010

Frase mais ou menos solta - 4

A felicidade é privilégio dos(as) alienados(as), dos(as) inconscientes, dos(as) inconsequentes. Ninguém pode ser feliz em um mundo como o nosso, a não ser sendo totalmente canalha.

Esgotamento

Com férias e tudo, eis que chego no início de novembro completamente esgotado, física e mentalmente. Talvez mais a última que a primeira. Não consigo mais ler um livro inteiro, muito menos assistir a um filme sem que tenha de lidar com uma vontade avassaladora de dormir. Preciso estudar mais, preciso voltar a uma rotina de estudante de idiomas, e não de idiotas. Entretanto, pelo andar da carroça, o cenário é de completo domínio da idiotia. Salve-se quem conseguir embarcar no primeiro avião rumo ao Canadá!

1 de novembro de 2010

Luto

Triste o país que tem de escolher entre um poste e um morto-vivo. Mais triste ainda é o país que escolhe o poste.