30 de maio de 2006

Novidades quase velhas

Primeira: fui convidado - e meu nome foi aprovado pelo Conselho Departamental - para substituir um professor e grande amigo na Escola de Comunicações e Artes da USP. Apenas um semestre, por conta de uma licença-prêmio dele. Esta notícia já havia sido veiculado no falecido blogue; o que não contei foi a quantidade de comentários apócrifos que surgiram, dizendo que eu estava me gabando de trabalhar de graça e coisa e loisa e mariposa... Fico a imaginar que motivação alguém teria para escrever tais coisas, mas creio nem ser necessário pensar muito... Ademais, não será de graça.
Segunda: creio que meu segundo livro de poemas deva ser publicado até o final do ano, quem sabe no início do próximo. Espero que isso aconteça antes que eu morra. Ou os eventuais compradores.
Terceira: fui convidado para participar de um evento em homenagem ao escritor João Antônio, falecido há quase 10 anos, e que foi objeto de minha dissertação de Mestrado. Será na Unesp, em outubro. Qual Unesp? Para quem é do ramo, é óbvio. Para quem não é, a informação: será em Assis.

Relembrando aquela frase que tanta celeuma causou: "Inveja pega mais que conjuntivite em banheiro coletivo." Trata-se, em suma, disso. Porque os amigos ficam felizes por nossos sucessos, ao contrário dos que fingem gostar da gente. Posso ser criticável em muitos aspectos, mas ninguém pode dizer que eu finja gostar de quem eu não goste.

7 comentários:

dona da jaca disse...

ricardo... quero ser sua aluna... como faz?

Claudinei Vieira disse...

pois, meu caro, somente agora eu parei de verdade para conhecer seu novo canto. gostei. e muito. será por causa da novidade que vc decidiu colocar este texto 'memorialístico' antigo? se foi, então gostei mais ainda. e, apesar de sua opinião ser contrária, acredito que vc tem SIM muito jeito para a prosa e tive muita vontade de ler mais coisas tuas do estilo. Parabéns pelo 'Arquiteto'. Agora conheço o caminho correto, estarei por aqui sempre. Quanto às cobras, puff, elas assustam, sim, e aborrecem, mas seu amigo estava corretíssimo: se não se prestar atenção, elas se vão, desenxavidas. Abraços

Priscila Gemballa disse...

Hehehem, também quero ser sua aluna! Parabens para as conquistas e nao ligue pra inveja. Isso só pega em quem acredita em gente fraca!

bjs

Vivis disse...

Uiaaaaa!!!
Olha só!
Nossa! Parabéns meeeeeesmo pelas conquistas!
E sabe do que mais? Resolvi meu dilema! Deu tudo certo! Vou conseguir conciliar as 2 propostas! Daí só ficarei com 1 só se a proposta melhorar!
Mas todos já foram notificados e está tudo bem!
Besitos.

Carmem Luisa disse...

Não desculpo. =p
Aliás, agradeço.
Enfim.

Anônimo disse...

Aulas na USP? Por que será que estão com inveja de vc? Parabéns pelas novas conquistas e quanto ao livro, tomará que o lançamento seja breve e, lógico , um sucesso. Aqueles poemas de anos atrás (quando eu estadava na FMU)estarão no livro? Se estiverem dá pra imaginar a qualidade e o sucesso virá com certeza!
Recado para Júlia, se puder seja aluna do Ricardo, ele é um excelente professor.
Beijos

Fabi Lima disse...

é amigo, nem todo mundo quer o nosso sucesso. É óbvio que hora ou outra (não serei hipócrita) a gente acaba sentindo uma "invejazinha boa" das pessoas. INVEJA BOA é aquela quando a gente pensa "queria ter um igual", entende?

Beijos... SUCESSO SEMPRE, vc merece!